domingo, 25 de dezembro de 2011

retrospectiva 2011..

Cambada...

2011 indo pro benenéu...muita expectativa sobre o ano que vai nascer...

O ano ta acabando.
Resolvi escrever no blog sobre o meu ano e algumas curiosidades.

2011, o ano que pra mim vai ficar marcado devido ao clique no "pause" no triathlon e enfase nos estudos e outras metas.
Confesso que valeu bastante a pena!
Me graduei em Engenharia Civil...fui aprovado recentemente em Segurança do Trabalho na USP e Faculdades Anhanguera (pós graduação)..assumi um noivado..comecei com minhas planilhas para mobiliar meu apto que esta pra sair...não dancei "ai se eu te pego" porque acho ridiculo rs...comprei minha p3 2011 dura ace..rolo treino pra bike...deixei meu carro quase do jeito que queria (sim, entrei na onda do tuning e turbos - um gosto pessoal que sempre tive) etc.
Posso dizer que estou bastante feliz!

tuning - outro grande gosto do autor do blog
Pode ser que você esteja perguntado: "o intuito aqui não seria apenas triathon?"
Sim, você tem razão.
Criei esse blog com duas intenções; uma, seria treinar meu português já que na minha área de atuação normalmente tudo é feito no computador e desenvolvido em obras; a outra, seria compartilhar de uma forma descontraida sobre treinos, lugares de treinos e provas, amizades e acima de tudo, PRAZER no esporte.

Conforme você vivencia esse meio, descobre que não é muito diferente de outros esportes que pratiquei na minha vida.
Posso comparar com o jiu jitsu, no qual me graduei em 7 anos de suor e só não cheguei a sonhada faixa preta devido a #$%¨& do joelho e falta de incentivo ($$$$$).
No jiu jitsu, encontrava muita rivalidade entre academias e, diferente do que muita gente pensa, muita "treta" por ai.
Acho que na época o "bichinho da rebeldia e maxismo" me picou.
Já no triathlon, nesses 3 anos de "experiência", tenho lidado com situações bastante chatas mas outras totalmente fascinantes.

Acho bom eu explicar...

Ultimamente, as rodinhas e minutos de telefone com amigos do triathlon o que mais se discutia era sobre a ignorância de algumas pessoas do triathlon no que se refere a conhecimento e "narizinho empinado".
Cara, é broxante ler alguns posts de uns "camaradas" que se acham os fudidões do esporte.
Alguns, deveriam ter o apelido de "GT" (google do triathlon). O cara parece que sabe tudo! Tudo que ele sabe é o certo...rs
Prefiro nem citar nomes para tenho a infeliz notícia que um desses já até elogiei aqui no meu blog em posts anteriores.

2012 quero voltar a treinar com um foco em prazer. Sim, acordar cedo, agradecer pela chance de poder treinar e desfrutar da miha bike, corrida e natação..Infelizmente, em 2 semanas de treinos de musculação já voltei sentir um incomodo no joelho então, to encarando isso como uma limitação e respeitando meu limite, contradizendo o título do meu blog.
Pois é, cara. Desafiar meus limites está além das minhas dores.

Quero aproveitar e mandar 1 recado a você que ainda acha que fazer um iron man é algo assim tão especial.
Qualquer um se inscreve e faz a prova, portanto, é pra qualquer um.
O dia que houver índices nesse tipo de prova ai sim vou respeitar todos ironman finisher porque tenho certeza que todos vão estar la competindo e não apenas se superando.
Afinal, pra você se superar não necessariamente precisa fazer uma prova de iron man depois postar as fotos no teu facelook e/ou entitular teu nome como "joão iron man" rs.

Veja exemplos de meus amigos, Vagner Bessa e Nilma Machado. Duas pessoas que admiro bastante que encaram todos desafios e depois passar a experiência para os demais, incentivando, dando dicas e compartilhando a vitória.

Totalmente diferente deles, alguns se acham "mais" porque conseguiram a vaga através de um clique no site no curto espaço de tempo para inscrição da prova.

Outro dia uma amiga fez uma prova em outro pais de 70.3 na casa de + - 7 horas.
Se você jogar no papel a as parciais, te garanto que aquele povo que faz spinning, esteira e  natação por estética corporal, também tem condições de fechar a prova nesse tempo.
Egas, você esta desmerecendo tua amiga?
Não. Apenas acho que deveria ter indices em outras provas para você ter a chance de competir em provas de maior expressão, motivando as pessoas a encararem o negócio com afinco e trazer frutos pro pais.
Po, eu seria o primeiro a ir lá e parabenizar essas pessoas e incentiva-las a buscar um lugar ainda mais alto no podio!

Gente, respeito A TODOS e todos os méritos pessoais. Até mesmo aqueles que fazem "SHORT JARDIM SEM NOME", "fast MC DONALDS TRIATHLON" ou prova da DANONE, mas vamos combinar e falar a verdade?Ta um modismo o negócio..

A idéia que esse povo passa é de estar lá pra garantir uns parabés dos amigos no final da prova e/ou paquerar umas gatinhas ou gatinhos...
"Mas Egas, saude é o que interessa, o resto não tem pressa"

Acertei? rs

Volto a insistir: enquanto só bater palma, dizer parabéns e se gabar por ai dizendo que fez um iron man, NUNCA teremos competidores pelo mundo mas sim, muito gargantas.
Apenas os mesmos 5 ou 6 de sempre se destacando: Carla Moreno, Coluci, Fabio Carvalho, Marcus Fernandes, Santiago, Ariane, Gianini..
Ai, depois desses, tem uma turminha querendo chegar lá...Creio que esses estão encarando o negócio como deve ser, como eu insisto parecendo um CHATO aqui no blog.

Eu quero entrar no esquema da minha amiga Thelma do blog tripateta.blogspot.com.br, no qual sugiro uma leitura sempre. A mina transparece um prazer pelo esporte mas não deixa o sangue competitivo de lado.
Isso sim pra mim é total superação e orgulho.

Quero ta no esquema do meu amigo Luiz Gustavo que não perde um treino e se dedica num âmbito geral, consultando nutricionista, fisioterapeuta, treinador (bresportes.com.br - acessoria de verdade).
Também quero desfrutar a vida com minha noiva e amigos, bebendo UMA cervejinha, viajando, curtindo as festinhas, churrascos etc.

Será que vai dar certo?
Esse é meu teste e meta em 2012.

Quanto a provas, eu concordo que o triathlon é um esporte "elitizado" como alguns caracterizam mas ainda tenho esperanças da galera se unir e boicotar algumas provas que além de cobrarem o "olho da cara" de inscrição não dão suporte MÍNIMO pelo valor cobrado.
Fala sério, pagar R$ 450,00 de uma prova sendo que um salário mínimo no páis é de R$ 525,00, eu acho uma piada com quem paga e uma humilhação aqueles que nem podem pagar mas poderiam oferecer um indice satisfatório para o pais e talvez ser patrocinado, alcançando metas de orgulho para todos!
O que falar de um iron man na casa dos U$ 600,00...
"Ah, senhor Egas, mas o iron tem puta estrutura..."

Sério mesmo, vocês não acham o MÍNIMO essa estrutura? Ou a medalha de honra ao mérito é de ouro?rs

Muita gente durante o ano me pergunta: "Egas, você esta competindo?Po, você mandava tão bem..."

Cara, é muito difícil você responder que não por causa do joelho e também por causa dos altos custos (pra mim) de provas.
Confesso que com essa grana eu prefiro viajar pra praia, levar a bike, fazer uma natação no mar, correr em locais diferentes...sem pressão, sem espertinhos no vácuo, sem falta de água da organização e acima de tudo isso: sem aquele nego mala t perguntando "pra quanto você fez a prova?"
Sério, eu não lembro de me inscrever como profissional numa prova pra alguém se importar com meu tempo.
Ai já seria um assunto muito polêmico porque eu sei bem a resposta que você vai me dar:
"Eu vejo o tempo dos outros pra saber como estou."
"Costumo ver apenas os tempos dos meus concorrentes de categoria"

Acertei né?
Eu concordo..

Enfim, 2011 também vai ficar marcado como "era do jack 3d e cia".
Meus amigos, isso é mentir pra você mesmo.

Teve uma situação inusitava esse ano. Um jovem que, pelo que dizem, é atleta de um site de esportes.
Se gaba em redes sociais se achando fudidão do pedal etc.
Tomou um pau tão grande de dois amigos num duathlon que está até hoje procurando rumo.
Ai, pela falta de humildade, foi em rede social falar de vácuo, depois dando desculpa que perdeu porque caiu da bike...
Menino, um recado: Entra nesse espírito de prazer no esporte que você vai entender o que é ser um triatleta de verdade.
Óbvio que não vou citar nome porque todo mundo aqui sabe a consequência depois né...
Eu sou totalmente da paz hoje em dia mas ainda tenho meus calos...Não cutuque!rs

"Calma, Egas...espírito natalino...ano novo....sorria pra vida, menino! rs"

Essa é uma das minhas metas pra 2012:  sorrir mais, fazer mais amigos, socializar mais...

Eu vou conseguir. Eu quero!

vivendo e aprendendo...

Desculpe o desabafo.

Feliz 2012 a você!
Paz, amor, felicidade e triathlon...sempre!
mas com prazer!

Engenheiro Egas Zandona Ceccato, com muito orgulho!



quarta-feira, 2 de novembro de 2011

indices para provas

Faalaa galera

Mais uma bomba nos meus posts..

Qual de vocês já parou para pensar sobre índice em provas de triathlon com vagas para os melhores das categorias ou mesmo um índice?

Eu vivo apertando essa tecla.

Posso até ser mal interpretado e injusto com amigos ou não, que por limitações, não alcançam determinados objetivos.

Claro, APLAUDO a todos que terminam as provas e até aqueles que encaram o desafio mas algo ainda deve ser feito para que o esporte tenha mais brilho.

Fato e comum vermos a explosão do triathlon nos últimos anos.

Eu admito ser um dessa nova safra. Sim, tenho apenas 3 anos de triathlon e poucas provas no curriculum. Isso pra mim é demenos.

Pra mim, o importante é o prazer no qual o esporte me proporciona.

Mas eu tenho "'noção" (pelo menos eu acho)

Nada impede que você leitor desse blog polêmico passe tua idéia ou forma de pensar a respeito do assunto principal desse post: índices.

É nisso que quero focar hoje.

Queria passar meu ponto de vista em relação as pessoas que se inscrevem a determinadas provas sem ao menos ter preparo para cumprir a meta com 1 tempo razoável porque ir la e terminar a prova EU creio que até o "Zé da esquina" capaz de fazer.

Po, não estou tirando mérito de ninguém, mas convenhamos: essa idéia é um dos pontos que faz com que nosso país fique sempre atrás de outros já que o importante para os organizadores de provas é o retorno financeiro e não o brilho da prova com triatletas superando limites e representando bem a bandeira.

A vontade que tinha de postar algo a esse respeito já vinha de tempos mas o que me fez realmente "soltar o verbo" foi ler o post do triatleta Frederico Monteiro em relação a teu pedido de vaga para uma prova no qual venceu a edição anterior.

Bom, eu vejo dois pontos nisso: primeiro, EU  acho que a organização deveria dar prioridade ao atleta devido a condição de vencedor da última prova, firmando o número 1 no peito do atleta (como é feito na fórmula 1), porém vejo o lado que ele não é diferente de NINGUÉM, então, "campeão", vai pra fila como todos...

Isso não aconteceria se provas com índices para provas como Kona não ofertassem vagas para pessoas "despreparadas". Então, é algo de se pensar.

Provas com intuito de promoção, campanha, ajuda solidária, mkt empresarial = qualquer pessoa se inscreve; provas como ironman, 70.3 entre outras = apenas triatletas com índice participam.

Creio que isso seria um estímulo a competição e futuros representantes do nosso país numa olimpíadas, por exemplo.

Pouparia muito atleta de críticas e emanaria energia boas dando apoio a quem conquistou o mérito.



Egas, como você é cruel...

Bom, tenho chance de errar a partir do momento que Ele me deu a chance de estar aqui. Também tenho a chance de acertar e aprender com os erros, respeitando o próximo.

Infelizmente o que vejo é um monte de gente se gabando por ter feito certas provas e um monte de gente reclamando da falta de organização. Também tem um monte de gente que "ta tudo bem" rs.

O que fazemos? Continuamos dando parabéns, parabéns, parabéns nas rede sociais? Ou juntamos um grupo para tentar organizar o esporte e estimular a TODOS, cada um no teu objetivo mas acima de tudo, EM SEU LUGAR, no atual momento.

Profissionais brigando com profissionais = representando bem o país, buscando o topo, sempre.

Amadores, brigando por uma chance nos profissionais = crescimento e evolução no esporte.

Aventureiros, triatletas por hobby (eu, por ex), modistas e limitados gozando do prazer no teu intuito e, quem sabe, lutando por um índice para se tornar um amador e futuramente, profissional (se assim desejar, querer e por metas).

Agora, "elite"..Meu amigo, isso me soa num tom de "arrogância"..

Ninguém é mais que ninguém...lembra disso?rs

Me corrige se estiver falando muita bobagem..

Ou, melhor, passe teu ponto de vista.

Estamos aqui pra aprender também!

Acima de tudo que foi citado, tenha prazer e goze..mas goze muito pela chance de PODER praticar um esporte mas lembre-se do teu patamar..

*essa semana fui fazer exame médico e físico para voltar treinar e usar academia no clube que sou associado e, ao passar pela porta da academia, o que vi foi um "mar" de camisetas de provas de corrida. Acho até legal a pessoa exibir isso como mérito da conquista pessoal mas, confessa ai vai...Tem umas minas com brincos de argolas, cabelo penteado, toda cheirosa na academia pagando de atleta que é cômico a cena assim como tem uns caras com o tênis mais caro do mercado se achando o Marilson na esteira...kkkk
**já fez spinning ou correu na esteira ao lado de uma pessoa q tomo banho de perfume? Chega atrapalhar, te juro.

Desculpe, eu falo a verdade.
Não faço média, não.

Créditos:

Vagner Bessa, Nilma Machado = 70.3 Miami
Luiz Gustavo Penis = duathlon sbc e ecorun (quinto no geral atropelando os magrelinhos das corridas)
Thays Santos (10 hrs imbr e respectiva vaga em kona)
Marcus Fernandes = promessa no triathlon brasileiro
Eduardo Frick (triatleta da sunga branca) pela energia e estimulo no ciclismo em Santos
Emiliano = pelos ensinos no triathlon
Curado Hugo = estimulando o esporte na região norte do país.
Thelma = força e garra nas provas!
André - fisio = volta treinarrrrrrrr
Renam = 100kg pra 75kg e 45 min nos 10k da ecorun = show rapaz! acredito em você! força!
Léo spezzato = Contagiando sempre os amigos, valeu amigo!
Luiz dentista = treinando sozinho (qual segredo que vc ta escondendo ein?rs)

Obrigado a você que visita aqui, me critica, concorda, discorda ou apenas entende meu patamar.
Imagina se todas as bundas fossem iguais que merda seria..hehe

domingo, 30 de outubro de 2011

panamericanos..

Pessoas..

30 de outubro de 2011 - fim dos jogos panamericanos

O que fica é uma pergunta: Brasil, maior pais da america latina e o quinto maior do mundo em área territorial e população com mais de 192 milhões de habitantes...
Cuba, 11 milhões de habitantes...

E ai, Egas...aonde você quer chegar?

Bom, pra variar, o polêmico autor desse blog, indignado com a perda da segunda colocação para Cuba nos jogos panamericanos, pergunta a você, jovem leitor: Qual o segredo sobre isso?Por que um país 17x maior do que Cuba consegue ficar atrás no quadro final de medalhas?

Alguns citam que é a falta de incentivo do Governo Brasuca. Outros, preferem acreditar apenas na superioridade física, comprovadamente estudada por fontes confiantes da raça negra em relação a raça ariana. Será? Eu não acredito.

Egas, em que você acredita, cidadão?

Eu respondo.

Acredito que a falta de incentivo do Governo seja um ponto forte mas acho ainda mais que o brasileiro entra nas provas já com a cabeça derrotada.

Quando criança, jogava futebol em um clube da cidade e, alguns campeonatos paulista que disputavamos, ao entrar em campo contra times da capital como Palmeiras, São Paulo, Corinthias, o time todo tremia.

Será que "eles" quando entrar numa prova estão preocupados com Coluci, Ronaldinhos, Oscar etc???

Creio que não.

Tudo "deles' é melhor. Pensar que realmente a tecnologia empregada nos equipamentos "deles' realmente é melhor..

E nós? Até quando precisaremos treinar natação nos EUA ( Cesar Cielo, Tiago), fazer estágios com triatletas consagrados nos EUA etc?

Quanto aos jogos panamericanos, devido a diferença na altitude entre os países, porque nossos atletas não se prepararam e se adaptaram com uma antecedência?

Parabéns aos nossos atletas que foram la e fizeram acontecer.

Parabéns aqueles que deram o seu melhor pelo país.

1 minuto de silêncio aos atletas que passam "desculpas" nas entrevistas pela derrota, afinal, EU não creio que em jogos panamericanos ou mesmo olimpiadas seja lugar de "estágios"...

domingo, 16 de outubro de 2011

jogos panamericanos - contra relogio, Cesar Ciello e Brasil sil sil

Fala bloqueiros..

Estava agora acompanhando o contra relógio em Guadalajara e, por falta de conhecimento, vi um representante brasileiro passar pelo km 30 em nono lugar.
O comentarista da Rede Record, emissora de tv que está transmitindo os jogos, comentar que não é a especialidade do nosso colega, provas de contra relógio 40k.
Obvio que a primeira coisa que veio em mente foi: E por que não temos algum especialista treinado lá para disputar uma medalha?
Você sabe me responder?
Po, temos tantos ciclistas espalhados pelo Brasil pedalando pelas rodovias no fim de semana, tantos grupos treinando nas mais diversas estradas, comunidades nas rede sociais...
No fim, deu Colombia no masculino e feminino.
Não seria interessante a preparação para a prova ser feita meses antes no país?Sim, a dúvida veio porque TODOS atletas comentando sobre a diferença do ar, a dificuldade encontrada pelo clima diferente, calor...



Sobre a natação, venho acompanhando alguns posts de colegas criticando nosso melhor nadador de provas curtas, Sr. Cesar Ciello.
Torço bastante pelo cara.
Toda entrevista que acompanha, ele demonstra ser uma pessoa super de bem com a vida, sorridente, esforçado e com certeza não cresceu em berço de ouro, como muitos que vemos por ai.
Bora apoiar, né galera?
Energia boa, sempre!



Bora apoiar nossos atletas.
Eu escrevi "atletas"..
Sabemos bem diferenciar os atletas que estão lá dando tudo de si dos que foram pra "representar" apenas porque adquirir experiência você faz em provas por ai, não em panamericano.
Concorda?
Sim, é essa justificativa mas não vemos a consequência, a continuidade, um projeto de verdade sair do papel..



Seriedade, comprometimento, apoio e incentivo aos atletas de verdade, Brasil.
Com isso, NÓS progredimos e poderemos ser competitivos.

Bom domingo a você.
Força Brasil sil sil..rs

sábado, 15 de outubro de 2011

triatletas, modistas, aventureiros e afins.

Show, pessoal. Lá vem mais um post.
Desde já, adianto: esse é polêmico!
Respira ai..rs

Quantas vezes você presenciou momentos no qual, na volta pra casa, dentro do teu carro, pensando sobre o treino do dia, erros e acertos e etc, aquele ponto perturbou teu pensamento e você não encontrou uma resposta?

Quero retratar sobre alguns pontos que eu vejo como "fases do esporte".

Os pontos positivos faço questão de citar nomes.
Os ponto que julgo negativos, desgastantes ou desnecessários vou citar como "x".

Combinado?rs

Começo exaltando a capacidade de socializar e encarar a vida com alegria que minha amiga Nilma Machado transparece, participando de treinos com diversos colegas, provas em diversas cidades e encontros com diversos amigos. Parabéns, minha amiga. Você é exemplo!

Tem aquele povo, grande parte hoje em dia, que esta no esporte por diversos motivos:

- solteirões em busca de saúde com consequente reforço a imagem de "garotão" perante a sociedade;
- solteirões em busca do par perfeito buscando em acessorias;
- triatletas amadores e até alguns que se julgam elite com tuas bikes poderosas, roupas combinando com o absorvente, mania de "ser o melhor", reis da teoria etc;
- fãs de ciclistas internacionais que só falta fazer uma plástica para ser sósia perfeita;
- tem aquele povo que fica falando mal de outras acessorias como se a que ele treina fosse a melhor;
- tem aquele povo que não sabe o que quer, como buscar e quando obtem resultados abaixo da média, soltam o verbo, como se a culpa fosse única exclusivamente dos outros;
- tem aquele povo que não tem foco, não sabe nem o porque está treinando, diz que precisa treinar mais subidas, tiros mas..FOCO, qual é teu foco cidadão?;
- tem aquele povo que adora tirar fotos nos treinos e provas pra postar nas redes sociais para depois receber os milhares de "x" mandando "parabéns".

Considero todos esses tópicos como "x".

Em particular, sobre o último, é algo que venho há tempos pensando e repensando. Brasileiro tem essa mania de demonstrar simpatia com os milhares de "parabéns aos domingos".
Cara, confesso que isso me enche o saco.
Garanto que isso tem o lado positivo e o lado sutilmente negativo: o lado positivo, claro, é o incentivo, reconhecimento do esforço alheio, demonstração de carinho; agora, o lado negativo, meu camarada..considero como "pensamento pequeno".
Vou explicar sobre isso.
Fato que brasileiro quando entra em certas provas, nos mais variados esportes, para terminar, fazer seu melhor.
Isso é suficiente?
Pra mim, não.

Nossa, Egas, como você é prepotente!
Não, colegas. Não é isso.

Isso é a ânsia em ver um amigo, colega ou apenas um ídolo no esporte que praticamos ou não, no lugar mais alto do pódio e, enquanto a "turminha do parabéns' continuar achando que estão fazendo o seu melhor, nossos concorrentes "lá de fora" estarão nos ultrapassando.

Um exemplo claro e recente é a IM Kona 2011.
NENHUM brasuca baixou 9 horas enquanto os 10 primeiros colocados terminaram a prova proximo as 8h e 15min.

Agora, com certeza tem as pessoas que justiicam: "falta incentivo dos empresários e do governo aos atletas brasileiros".
Nossa, essa frase deveria ser simbolizada como a "eureka" do Mister Arquimedes.

Voltando ao lado bom, no grupo ironbrothers do facebook, tive uma experiência interessante no último mês.
Quero citar sobre um colega, Ulisses F. Eliano, sobre compartilhar o conhecimento. Deu uma aula em alguns post do grupo.
Jamais poderia esquecer de citar colegas como Vagner Bessa, Emiliano, Thelma, Luiz Gustavo pela amizade, atenção, compreensão, atitude, carinho e ajuda empregada a minha pessoa ao longo desses 3 anos de triathlon e meses de recuperação sobre meu "probremra eterno" no joelho esquerdo.
Obrigado, vocês sim são pessoas que precisamos no meio!

Enfim, uma última e leve crítica. Até hoje, desde que criei meu @egastri, no twitter, não entendi qual importância disso.
São comentários vagos, criticas "x" e demonstrações vazias de carinho.
Tive a infeliz idéia uma vez de acompanhar uma prova via twitter de uma conhecida no ramo.
Consegui acompanhar 4 post e desligar com a seguinte conclusão: Sorte que você é triatleta, colega. Como jornalista você estaria na @#$% rs
Tem uma conhecida que TODOS posts no twitter são relacionados a reclamações em acordar cedo, trânsito, xavecos alheios etc. SÓ RECLAMA.
Estou louco pra dizer o nome mas o ideal, se me somasse em algo, seria falar na cara dela! rs

Bah, como diria o povo do sul.
Hoje é sabado e eu aqui, perdendo tempo em retratar sobre as REALIDADES, que MUITOS que lerem esse post vão interpretar como REBELDIA.

Tudo bem, estou aqui pra isso também. Ser julgado!

Mas uma coisa eu reforço: eu não faço média com ninguém muito menos preciso lamber os outros pra crescer na vida. Sigo meu caminho, respeitando o teu, questionando sempre e procurando fazer meu melhor.

Que bom se todo mundo entendesse isso e buscasse melhorar...



Abraço a você que me entende.
Abraço a você que tem tua opinião, semelhante ou não, a minha.

Bora viver!

Triatlhon na veia, jamais na moda.

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

triathon e sua evolução

Triatletas e afins,

Resolvi postar algo que,  nesses 3 anos de triathlon amador, venho diversas vezes presenceando ou mesmo notando em redes sociais: a falta de profissionalismo por parte da galera que de alguma forma evoluiu no meio.
Evoluiu no meio?Calma, vou tentar, em breves palavras, passar essa curiosidade.
Já parou pra pensar no "começo meio e fim", no esporte?
Bom, me considero um cara no "começo".
Ainda tenho minha dúvida: Triatleta é quem vive do triathlon ou é qualquer atleta que pratica as 3 modalidades?
Creio que o mais correto seja quem vive do triathlon, porém, infelizmente isso é algo pra poucos devido a falta de patrocionadores e empresários que acreditam e incentivem os atletas brasileiros.
Através da comunidade do orkut "triathlon brasil", lendo e discutindo nos posts da galera, confesso que foi meu maior aprendizado. Não que eu saiba tudo, mas o básico creio que assimilei.
O básico, pra um cara que não vive do esporte, quase não tem tempo de se dedicar, como muitos, penso que atingi um patamar "viável' para sobrevivência.
As vezes, acho que me enganei.
No grupo do facebook 'ironbrothers" fiquei impressionado com o conhecimento de um cara que participa ativamente, chamado Ulisses. Detalhe que o mesmo não vive do esporte, porém, devido ao amor pelo que faz, se dedica, busca informaçoes e aplica ao teu dia a dia.
Um espetáculo, isso. Eu chego lá! Tudo no teu tempo. Hoje, definitivamente não é meu momento.
O que fica é o agradecimento para com as pessoas que repassam informações, contribuem de alguma forma para o crescimento do esporte e das pessoas que ali estão envolvidas.
Outro dia, tive o prazer de receber um agradecimento caloroso de um colega do nordeste do pais chamado Hugo. Ele deixou claro que nosso pouco conhecimento, repassado a ele nos tópicos da comunidade, somou muito para que ele finalizasse uma prova de triathlon e fizesse disso parte da tua vida: uma paixão.



Prazer pelo esporte, alegria pelas amizades construidas, respeito pelos adversários.

Agradeço a todos que de certa forma contribuiram a isso.
Retribuo deixando claro que vocês podem contar comigo de alguma forma e que estou repassando esse conhecimento para os novos colegas, novos no esporte!
Venha você também sentir o gosto e prazer que é praticar TRIATHLON.
Esse gosto apenas se torna azedo quando se passa dos limites do esporte para o fanatismo mas essa parte jamais tomará espaço no meu blog.

Abraços

*apenas 1 recado: fazer um ironman é 1 sonho de qualquer triatleta mas não é ser mais que ninguem por completar um ironman muito menos usar disso como forma de se promover...

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

vacuo: o assunto do momento

Confesso que antes de postar, pensei bastante nas consequências que levam certos assuntos.
Conclusão: problema é de cada um.

Depois dos 70.3 de penha, galera anda atormentada com o tempo de outra galera que mandou super bem nso 90 km.
Cada caso é um caso.
90 km pra mim na Rodovia dos Bandeirantes, sentido Campinas, trecho de várias subidas e retas sempre inclinadas, vai na casa das 2" 05" a 2" 10'. Com vento, sobe pra cinco minutos pelo menos acima.
Então, as 2" 12" a 2" e 15' que o povo tem argumentado ser "fora do comum', pra mim, sinceramente não é nenhuma coisa de outro mundo.
Õbvio que o povo teve que correr mais 21km depois então, deram aquela poupada no pedal.
Meus tempos citados acima são para treinos de contra relõgio e raramente corro depois por falta de onde deixar a magrela.
Bom, o foco do post é a rebelião que a turma causou em relação ao vácuo.
No grupo "ironbrothers' do facelook's, postei lá minha opinião a respeito porém, repensei e acho o seguinte:
O cara que anda na roda realmente tem q ser penalizado; o cara que anda alguns metros na roda para ultrapassar, são outros quinhentos..
Agora, soube também que existe uma regra sobre o vácuo lateral (3 metros). Confesso que não sabia de mais essa....


amigos, sempre..pq a maior ideia do triathlon é CURTIR



Bom, a pergunta que fica é: Por onde eu passo mesmo?rs

Me poupem, por favor...

Bom senso, sempre.

Abraços

*esse post nem entrei no mérito das esteiras da natação...se não, negócia ia longe....rs

nem vou falar q é sao paulino pra nao criar + polêmica. rs

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

mais 1 caso de roubo de bicicretinha

Rélou, galera.

Hoje, dia 11 de agosto de 2011, ao abrir a comunidade "triathlon brasil", na qual sou moderador, no intuito de descontrair, me informar, compartilhar experiências e apagar tópicos de propaganda (proibido na comunidade do orkut), notei um tópico novo citando roubo de bicicleta na região de Ribeirão Preto.
É um sentimento mesclado de raiva, medo, vingança, justiça e desanimo.
Você acorda cedo, num dia que planejou a agenda de trabalho e compromissos, reservou aquelas 2 horas para o prazer do treino ai surge o pensamento ruim: sera que vou ser o sorteado dessa vez?
Infelizmente é uma realidade.
Ja náo chega o desconforto de furos na camera de ar dos pneus que normalmente nos acompanha em treinos de rodovia, mais os "no-cegos da direção ofensiva do Brasil" (da até pra criar uma nova sigla - N.C.D.O.B) que sutilmente jogam o carro emcima da gente no acostamento ou arremeçam materiais diversos acompanhados de palavras nada incentivadoras, agora esse item de furtos e roubos pelo Brasil.
Meses atrás o noticiário flagrou cenas lamentáveis no interior da USP, fato que deixou muita gente indignada.
Depois, a morte de um estudante por roubo dentro do campus.
A pergunta é: algo foi feito?
Nada. Nada é feito.
Dentro de um local onde milhares de pessoas circulam todo dia nada é feito, vocês imagem numa rodovia onde o deslocamento é rápido não permitindo, as vezes, uma maior atenção sobre possíveis desvios de conduta. Isso sem falar que grande parte das pessoas não sabem nem como agir, pra quem comunicar e os canais de apoio.
Você tem o 0800 anotado da concessionária responsável pela rodovia em que tem maior costume de trafegar, caso note alguma irregularidade ou acidente para poder comunica-los?
Eu tenho porque consta no crachá da empresa que atuo, se não...rs
Confesso que entendo isso como uma falha na educação do brasileiro.
Náo que o dever do cidadão seja ser um robô com manul de instrução integrado mas sim uma questão de NOÇÃO.



super bike de marca desconhecida - modelo 2012 futurista - time trail rs

Reforçando: a maior falha no Brasir sir sir sir é  sim a falta de EDUCAÇÃO, em todos os sentidos. Pare e pense a respeito disso.

NÃO COMPRE PRODUTOS SUSPEITOS.
NÃO CONTRIBUA COM ESSES MARGINAIS.
Pense que o próximo pode ser você.

É broxante pagar tanto imposto na compra de produtos no Brasil.
Eu comprei minhas duas bicicletas lá fora, importando.
Fico atentado ver alguns produtos no ebay, por exemplo, por menos da metade do valor aqui no Brasir sir sir mas ainda prefiro ter a garantia da veracidade do produto e qualidade do serviço para poder reevindicar possíveis problemas no futuro.
Colabore, espertões. rs

Abraço a todos amigos e leitores.
Concordando ou náo, a idéia é melhorar, sempre.
Náo sou o dono da razáo!
vivendo e aprendendo

sábado, 9 de julho de 2011

a voorrrta eh fords..rs

Taaarrrrde, cumadis e cumpadis..

Epoca de festas caipiras pensei decorar minha bicicrétinha de quadriculados. Até tentei mas os enfeites insistiam em cair, aquela bota de muitas festas juninas não tinha local para fixar o taquinho pro pedal, meu chapéu de cowboy não é aerodinamico etc.
Apenas minha bermuda consegui costurar remendos; na minha caramanhola em vez de carboidratos deu lugar pra suco de capim fresquinho; em vez gel usei barrinhas de pé de moleque e paçoquinha; kit reparo deu lugar pro correio romantico e as chaves das ferramentas pra chave da cadeia..rs


Carona na bicicrétinha..
 Bom, ontem passei no Marcola da bikenorth.com.br e instalei o desejado Mr Tuff nos pneus. A cara, tava de saco cheio de furos durante os miseros treinos que tenho feito. Parece perseguição!
Já não estou na minha melhor fase por falta de tempo, foco e a volta da dor no joelho, e vem essa mercadoria de dor incomodar again.
Você deve estar se perguntando: - Pô, Egas, vai ver logo isso ai?!
Cara, eu fui. Fui a um médico que atende meu convênio chamado Gilberto.
Ele sugeriu que eu parasse durante três meses, fizesse musculation na parte interna da perna, alongasse bem a parte externa, ingerisse Glucosamine nesse periodo e fizesse gelo quando sentisse a dor.
Hoje, sai pra um pedal na rodovia dos Bandeirantes com intuito de me acertar na bicicrétinha.
Abaixei o banco por conta própria ja´ que ainda não consegui horario no PIPO da Retul bike fit.
Como tenho essa diferença entre as pernas, achei uma loucura isso mas a vontade falou mais alto.
Claro que sofri mais uma vez durante o treino e, ver o garmin acusar 35km/h de média é algo desmotivante.
O amor pelo ciclismo deveria falar mais alto mas confesse que o sangue ferve assim que acesso a rodovia e piora quando vejo ciclista na miha frente..rs
Foram 52 km para 1hora e 18 minutos. Já rodei esse mesmo percurso em treinos de velocidade pra 59 minutos..rs
Ah, a bicicretinha...Como não falar dela?!


P2

P3
Para os curiosos eu ainda não tenho algo concreto para dizer a diferença entre a P2 e minha atual P3.
A extensão da 3T de carbono que vem nas P3 durace 2011 são inclinadas e não consegui me adaptar. Esta a venda, caso alguem tenha interesse.
Posso dizer com certeza que até hoje não senti algo relevante entre as rodas zipp e as de treino: NÃO VALE A PENA. rs

Bom feriado, amigos e amigas.
Saudades dos treinos com vocês!

*óbvio que é tudo mentira sobre a decoraçao julina..rs

sexta-feira, 24 de junho de 2011

tubulares x cllincher

"Galegggga" blz? rs
Homenagem ao Datena..kkkk

Depois do ultimo episódio onde num giro simples na Rodovia dos Bandeirantes tive a feliz oportunidade de saber que pneus tubulares também furam, andei pesquisando um pouco sobre o assunto.
Não estou aqui pra falar o que é melhor.
Acho que cada um deve ter sua experiência e optar pelo que há de melhor no mercado, de acordo com teu bolso e gosto.
Eu, quando escolhi pelas Zipp 808 tubulares, enchi o saco de bastante gente numa espécie de pesquisa. Só não abri enquetes porque dai seria demais. rs

video
Quanto a instalação das tubulares, meu amigo..Não vi segredo porém, fiquei totalmente inseguro.
No meu post anterior, meu amigo @emiltri postou sobre os pneus tubulares terem camera. Sinceramente não sei daonde você tirou isso, caro triatleta. Admiro, respeito e sigo sempre tuas experiências no triathlon, mas essa informação, até onde eu saiba, não tem conformidade.
Posso estar enganado e, reforço: estou sempre aprendendo.
Em relação a troca d pneus tubulares numa prova ou mesmo treino é algo que exige muito treinamento ou te garanto que perderá horas nessa "caminhada"
Eu, pelo motivo de não ter um selante comigo quando tive o "presente" de esvaziar meu tubular por motivo de furo, caminhei..caminhei..e caminhei bastante! kkkk
Mas questionei se tivesse um pneu tubular pra troca no momento da ocorrência quantas horas perderia ali no acostamento da rodovia.
Isso se ficasse um serviço bom..rs
Resumindo: zipp, duraace, hed, reynolds...importante é tua persepção e, sem dúvidas, os 2 pistões que empurram pra frente, sempre!


video

abraços

*postei 1 video novo no youtube
segue o link nos comentarios

**aproveito pra manifestar meu interesse na venda do meu aerobar

segue a foto (ta novo, 2 treinos de giro apenas)


segunda-feira, 20 de junho de 2011

Triathlon e seus "desvios"

Galera,

Há tempos questiono alguns desvios que, ao longo dos treinos, nos deparamos.
Realmente devo admitir que sempre fui um cara crítico. Por um lado vejo isso com bons olhos já que cansa certas pessoas que dizem amén a tudo; por outro lado, as vezes passamos uma imagem errada da nossa personalidade, carater e como "Ser".
Quer saber?Foda-se realmente quem nos julga antes de nos conhecer. Repare que as pessoas que estão ao teu redor nos deram a chance de te-las como amigos. Os que acham isso ou aquilo, vivem no teu mundinho "crica" rs.
Mas não estou aqui pra falar disso..
Domingo, dia 19-06-2011 tive o prazer de sair pra um pedal na rodovia dos Bandeirantes, sentido interior.
Minha cervelo chegou tem mais ou menos dois meses e só tinha testado a máquina uma vez.

cervelo P3 2011 duraace crankset 39/53 e o autor do blog
Claro que tinha em mente fazer um giro leve sem forçar e torcer pra não encontrar nenhum ciclista ou triatleta em treino de pedal porque, meus camaradas...hehe
Quem tem sangue competitivo como eu, sabe o que estou falando..é dificil demais segurar a onda e não bota pro ralo!!!! rs
O gosto da cervelo com as zipp 808 tubulares é algo de muito orgulho tanto que sai pro giro e nem pensei em possíveis desvios que pudessem acontecer no treino, ou seja, sai sem nenhum aparato preventivo para pneus tubulares.
Tenho minhas duvidas sobre esses selantes de aplicar em pneus tubulares. Você leitor, tem alguma experiência sobre isso que possa nos apresentar?
Bom, caso é que eu tava felizão..Logo no acesso a rodovia ja comecei com as graças e soltei a perna!
A minha esquerda, havia uma dessas obras  de melhorias da concessionária administradora da rodovia e o homem-bandeira (assim é chamado aquele rapaz "hiper nem ai" que atua no início da sinalização) agitava a bandeira como se tivesse em um estádio de futebol torcendo pelo teu time do coração. No caso, de vermelho, pensei que pudesse ser um São Paulino ai não me contive e soltei a piada: Viadinhooo...kkkkk
Desculpem amigos torcedores do São Paulo. É apenas uma brincadeira!rs
Rodei até o km 80, onde encontra-se um retorno com uma média até que considerável para um triatleta meio amador sem treino sério desde dezembro de 2010: 38km/h média.
Tem muita gente que nem isso consegue no melhor ritmo rs.

video
No retorno, pouco depois do shopping sobre a rodovia, ja no sentido interior-capital, encontro 2 ciclistas de mtb, se é assim que caracterizam os colegas. Ai, meu camarada..você já imagina né...Na subida..2 km de subida...ai ai.
Fui girando, comendo meu torrone, controlando a respiração e frequência e soltei a perna.
Um kilometro depois da subida, olho pra trás e não via com clareza os dois quando passo emcima de algum objeto e....
É, furou um pneu tubular..Quem já teve o prazer de pagar 120 dolares em um pneu sabe a dor que é na hora da ocorrência.
Procurei não pensar, afinal, tinha mais 13 km pela frente até minha casa.
Não queria ligar pra ninguém e demonstrar minha irresponsabilidade em sair sem nada para evitar desvios como aconteceu. Chato pra caramba ligar na tua casa ou na casa da esposa dizendo: Oi, furou meu pneu no km "x". Dá pra vir me buscar?" hehe
Voltei..caminhando..tomando aquele solzinho..admirando aquele povo a 300 km/h nas tuas motos potentes...alguns momentos, as ferraris passando sabe lá a que velocidade..porsches..ah, claro, as pérolas de CG Titan com as namoradas na garupa tirando racha num puro ato irresponsável já que aquele equipamente não comporta tal finalidade, mas que é engraçado, isso ninguém nega..kkkk
Cara, num determinado momento, já no perimetro urbano da cidade em que resido, não aguentava mais de dor nos pés, porque não tirei as sapatilhas...Ai não teve jeito, liguei pro meu pai e pedi ajuda.
Já estava cerca de 3 km de casa.
Ele veio, chegou, perguntou o que exatamente aconteceu, criticou a qualidade dos pneus e assim acabou meu "prazeroso" treino de domingo..rs

video

Pessoal, grande abraço
Prometo passar mais vezes por aqui assim que voltar aos treinos!
Tá dificil arruma tempo mas tudo tem sua hora.

*postei do lap...teclado internacional..dá um desconto antes de me criticar sobre os erros de digitação ok?!rs
**sobre minha voz no video, pelamor..juro que não é assim pessoalmente..kkkk

quinta-feira, 9 de junho de 2011

vende-se

Galera

Muito tempo sem postar devido ao acumulo de trabalhos na Faculdade e nova fase na empresa que atuo.
Confesso que esta corrido demais!
Só de lembrar o trânsito que enfrento todo santo dia no deslocamento Jundiai -São Paulo e na volta Sáo Paulo Jundiai desanima.
Mas, o curioso é o povo aqui da cidade: o trecho que faço daqui a São Paulo, 65 km, varia de 25 a 35 min com 1 trânsito normal e, só dentro daqui na cidade, num trecho de 12km até minha casa são 35 min.
Hoje tive a oportunidade de prestar atenção no povo aqui da city malhando. É uma acomodação nos aparelhos como se só existissem eles na academia.
Ai está a relação do tempo que demando no meu deslocamento devido encontrar esse povo lento por ai..
Po, meu tempo é precioso..A VIDA É AGORA
Da pra me ajudar, gente?rs

Bom, o foco do post é a venda do meu aerobar da 3T que veio na cervelo P3 2011 duraace esse mês.
Fiz um pedal com a bike e não me adaptei ao ski bend (extensão do clip) portanto, surgiu o interesse em vende-los separadamente ou o conjunto todo conforme a foto acima.

Sobre os treinos...Quero ver se consigo agora em julho pelo menos voltar a fortalecer os musculos e dar aquelas soltadas na agua, rodovia e esteira. Esse ultimo para evitar impactos no joelho que ainda insiste em querer aparecer..

Alias, pra efeito de conhecimento, apresento a vocês o "Cidão". Eis o nome carinhoso que escolhi pro meu joelho esquerdo...rs

Quero também registrar o orgulho que estou da minha amiga Thays Santos na tua excelente prova no IronMan Brasil 2011.

Amiga, você merece e mostrou pra muitos como é que se faz!

Também aproveito pra deixar meus parabéns a galera que simplesmente encarou a prova, sorriu, curtiu e entendeu o que ser 1 ironman!

Estive emanando o tempo todo energia positiva a todos, tenham certeza disso

Abraço

créditos

Luiz Gustavo
André
Léo
Thays
Nilma
Rodrigo Massoni
Vagner Bessa
Maden Mota
Luciano Foca
Splinter
Pedro
Claudia

e demais amigos

quarta-feira, 9 de março de 2011

time out...




Pessoal, espero que estejam bem!Saudades!!!!!!!

Todos com saúde, felicidade em abundância e treinando direitinho!Aqueles que não treinam nenhum esporte ta na hora de experimentar o gostinho por algum. Sugestão: nadar, pedalar e correr!
Que tal?
Bom, estou ausente no meu blog já que estou ausente nos meus treinos.
Hoje, dia 9/3/2011, estou pagando a avaliação da academia para que possa retornar a meus treinos de musculação, fisioterapia preventiva e regenerativa, esteira (afim de evitar impacto direto com o solo já que tenho um joelho "sorteado"), natação em piscina de 25 metros e spinning (estou sem "bicicréta" porque vendi minha cervelo P2).
Em menos de 3 meses a encomenda chega! Mal posso esperar. Prefiro nem lembrar, pensar, etc.
Comprei uma Cervelo P3 modelo 2011 duraace.
Cara, to chique demais!!
Sinceramente não gostei da cor e o design do modelo 2011 mas com algumas adaptações deixamos a parceira com uma aparência melhor.
Não que isso importe mas faz parte! Pra quem pedala sabe bem o que estou dizendo!
O clip dela é de carbono da 3T, marca muito boa mas também não gostei do modelo. Estou feliz pelo crankset ser 53x39, acredito que me ajude um pouco de velocidade no pedal.
Acredito hoje as bicicletas time-trail cervelo ser as melhores no mercado.
Enfim, espero poder postar mais com tempo.

Abraço a todos

*estou acompanhando sempre que posso os blogs dos amigos
** estou desde ja torcendo por todos que estão inscritos no im 2011. Não esqueçam, primeiro curtam a prova, depois pensem em tempo! Erro grosseiro da maioria dos triatletas que tem o privilégio ($$$$) de poder participar de uma prova de mais de U$500
***o uso de suplementos ilegais para melhoria no rendimento/condicionamento só fazem com que os usuários se enganem.
 O primeiro a perder é você mesmo. A consequência um dia vem! Pensem nisso